Skip to main content

Morre primeira vítima suspeita de coronavírus em Franca




Faleceu hoje um homem internado no Hospital do Coração de Franca, que pode ser a primeira vítima do coronavírus na nossa cidade. A Prefeitura de Franca divulgou uma nota sobre a ocorrência e diz que a confirmação de coronavírus virá após a necropsia, mas o paciente estava com todos os sintomas de COVID-19.

O homem era morador da região de Franca e desenvolveu insuficiência respiratória grave. A nota oficial não trás mais informações sobre de qual cidade veio o paciente, se fez viagens internacionais, nem a data de internação. Mais informações serão divulgadas em breve.


Muito cuidado

Circula na internet um áudio apontado como de autoria do Dr. Amilcar, médico vascular da cidade, que descreve um cenário de altíssimo risco e gravidade. 

Segundo o áudio, o maior risco é o de colapso do sistema de saúde, levando a muitas mortes não apenas de vírus, mas principalmente de outras pessaos que não serão atendidos por falta de vagas na UTI.

O áudio recomenda cancelamento até de reunião familiar e termina citando que “vai morrer muita gente”, “é ficar em casa, regime de guerra, tentar segurar o máximo possível”.

Ouça o áudio completo:

Comments

Popular posts from this blog

Francano desenvolve tratamento para Labirintite

Fisioterapeuta francano, PhD. Prof. Almir Resende Coelho, desenvolveu em seu doutorado, na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (USP), um novo método para tratamento da Labirintite que obteve destaque internacional pelos excelentes resultados clínicos.


O PhD. Prof. Dr. Almir Resende Coelho,  fisioterapeuta experiente na prática clínica no tratamento da tontura crônica e Professor Universitário há mais de 10 anos, desenvolveu no seu doutorado na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (USP), um novo método para tratamento da Labirintite, a Fisioterapia Labiríntica 4.0.

A labirintite é uma doença comum do ouvido que afeta o labirinto e suas estruturas responsáveis pela audição e equilíbrio, ela pode ser causada por infecções e inflamações como a otite média e até o resfriado. Na labirintite, as áreas do ouvido ficam inflamadas e irritadas, fazendo os nervos do vestíbulo enviarem sinais incorretos ao cérebro, como se o corpo estivesse se movendo. No entanto, outros sentidos, como a vi…

Médico Francano assume posição de destaque Nacional

O médico neurologista francano Marco Aurélio Ubiali assume posto de destaque nacional ao ser eleito vice-presidente do Conselho Curador da Fundação Oncocentro de São Paulo (FOSP).

A Fundação Oncocentro de São Paulo é uma instituição geradora de condições para o aprimoramento de ações médico-assistenciais em oncologia, constituindo-se em órgão de apoio da Secretaria Estadual de Saúde para assessorar a política de saúde em câncer no Estado.

“Sinto-me honrado pelo reconhecimento e motivado pelo novo desafio. A FOSP é uma Fundação extremamente reconhecida que tem se mantido fiel a seus princípios ao longo dos anos, sem deixar de lançar um olhar sobre o futuro”, comenta Dr. Ubiali.

Quando perguntando sobre a conciliação do novo cargo com a prática médica em Franca, o neurologista garante "Com certeza vou continuar atendendo consultório em Franca, é fundamental para o médico estar próximo aos seus pacientes. Sou médico há mais de 40 anos e é isso que eu amo fazer."

Atuamente, alé…

EXCLUSIVO: Sistema de saúde de Franca pode colapsar com coronavírus

Circula na internet um áudio apontado como de autoria do Dr. Amilcar, médico vascular da cidade, que descreve um cenário de altíssimo risco e gravidade devido ao coronavírus (COVID-19). 
Segundo o áudio, o maior risco na verdade não são as mortes pelo vírus, mas um  colapso do sistema de saúde, levando a muitas mortes não apenas de vírus, mas principalmente de outras pessoas que não serão atendidos por falta de vagas na UTI.
O áudio recomenda cancelamento até de reunião familiar e termina em tom alarmande, dizendo “vai morrer muita gente”, “é ficar em casa, regime de guerra, tentar segurar o máximo possível”.
Nota similar há havia sido divulgada pela Unimed Franca no início da semana.
Ouça o áudio completo: